Recomendações

(19)
Heloisa Helena Pereira de Carvalho, Advogado
Heloisa Helena Pereira de Carvalho
Comentário · há 5 anos
Prezados Isaíra e Fernando,

não se trata de culpar somente a mulher, até porque sou uma e tento sempre que possível defender o que nos afeta direta ou indiretamente, mas se você leu com atenção meu comentário, eu disse que a culpa era de AMBOS por não se preocuparem em evitar a concepção, já que isso é de responsabilidade de ambos e não de apenas um deles, e não simplesmente partir para o aborto ou deixar que a situação chegasse ao ponto a que chegou. Aqui aplica-se um velho ditado que diz que "quando um não quer dois não brigam", ou seja, reitero, a culpa é de ambos por razões comuns e diversas. A "culpa" dela, sob o ponto de vista do texto a meu ver, foi em insistir - caso a gravidez tenha ocorrido independente dos cuidados supostamente tomados por ambos - em querer um vínculo que desde o início o pai deixou patente que não aconteceria, e não por não querer fazer o aborto. Por esta razão em momento algum coloquei a "culpa" de forma exclusiva sobre ela.
Em relação a colocação do Fernando, ele próprio utiliza a expressão "arriscado uma última cartada", ou, em termos menos formais, "forçou a barra" com o pai ao insistir em manter a gravidez não sob a questão de não realizar o aborto, mas de apostar que poderia o pai mudar seu pensamento ao ver a criança, isso, infelizmente, ainda é muito comum acontecer.
Acho que, infelizmente, não me fiz entender em minhas colocações, muito embora logo no início tenha deixado claro que me baseava somente nas informações do texto, até porque não conheço as pessoas envolvidas, porém, reitero, que qualquer resposta ou colocação deverá ser feita após se ler com atenção o texto em questão de forma a não haver interpretação equivocada da opinião exposta.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Débora

Carregando

Débora Rodrigues

Entrar em contato